Como Cozinhar Legumes Corretamente?




Você sabia que a maneira de cozinhar vegetais é tão importante quanto o fato de comer legumes? De acordo com o recipiente que usamos, o tipo de cozimento, o óleo, os condimentos, etc. podemos preparar um prato que é pouco nutritivo ou rico em vitaminas, minerais e todo o seu sabor.

Neste artigo, damos-lhe as chaves para obter todo o potencial dos vegetais, sem complicações, seguindo alguns passos simples.

Que óleo usamos?

O primeiro passo é escolher um óleo vegetal de qualidade que nos permita cozinhar a altas temperaturas, já que a maioria delas perde suas propriedades e até algumas se tornam tóxicas. Os óleos mais adequados são, em primeiro lugar, o óleo de coco e, em segundo lugar, o azeite.

Ambos devem ser a primeira pressão a frio e, melhor ainda, se forem ecológicos.

Os outros óleos que temos, como girassol ou óleo de gergelim, que também são muito saudáveis, mas não admitem calor, os reservamos para vestir os pratos já cozidos.

Qual contêiner usamos?

Ao longo do tempo, tem sido demonstrado através de estudos que muitos recipientes e utensílios de cozinha podem ser tóxicos a longo prazo, pois liberam substâncias que se acumulam em nosso organismo na forma de toxinas, que são muito difíceis de eliminar e podem acabar causando doenças.

Recomendamos o uso de panelas e frigideiras feitas de aço inoxidável, ferro fundido, vidro, cerâmica ou titânio – de preferência. Evitaremos o alumínio e, sobretudo, o teflon, que segundo muitos estudos pode ser cancerígeno a longo prazo.

como-cozinhar-corretamente-os-legumes

Ao vapor

Se cozinharmos vegetais cozidos no vapor, evitamos que todas as propriedades sejam perdidas na água de cozimento, e também as cores e texturas sejam melhor mantidas.

É uma maneira muito leve de cozinhar, pois evitamos o uso excessivo de óleos.

Sauteed

Uma maneira saudável e rápida de cozinhar legumes é pular com um pouco de óleo na panela. Também podemos usar uma frigideira do tipo wok da cozinha oriental, pois ela permite manter o calor muito bem na panela e cozinhar os legumes crocantes com todo o seu sabor.

como-cozinhar-corretamente-os-legumes

Assado ou grelhado

Estas duas alternativas também são muito saudáveis ​​e permitem que os legumes retenham bem o seu sabor e propriedades. Além disso, grelhados ou churrasco também terão um delicioso sabor defumado.

como-cozinhar-corretamente-os-legumes

Macerado

Alguns vegetais que podíamos comer crus, mas que são muito duros, como repolho ou brócolis, podemos colocá-los para marinar com uma mistura de azeite, vinagre, sal marinho, açúcar mascavo, limão e especiarias. Vamos deixá-los descansar por pelo menos duas horas para que eles amolecem e assim podemos comê-los e digerir muito melhor.

Fermentado

Também podemos preparar vegetais fermentados para melhorar a nossa função intestinal, colocando os legumes (repolho, cenoura, beterraba, etc.) enlatados com água e sal (uma colher de sal marinho por meio litro de água). Vamos deixá-lo em um frasco de vidro hermeticamente fechado por pelo menos duas semanas. Mais tarde, vamos consumi-lo e mantê-lo na geladeira.

Germinado

As sementes de alguns vegetais, como brócolis ou alho-poró, por exemplo, podem ser germinadas para serem consumidas como guarnições, em saladas, sopas, tortilhas, etc. Basta colocar as sementes com umidade, mas sem água, evitando que apodreçam e mantendo-as a uma temperatura quente até que a raiz comece a brotar.

Todos os brotos são altamente nutritivos e ricos em vitaminas e minerais, e trazem muita vitalidade ao nosso corpo. Eles também dão um toque original aos nossos pratos.

como-cozinhar-corretamente-os-legumes

Os condimentos

Para cozinhá-los, sempre usaremos sal marinho e evitaremos sal refinado ou de mesa, que é muito pobre em minerais.

Também podemos brincar com especiarias para que os vegetais fiquem mais saborosos: gengibre, cominho, páprica defumada, orégano, manjericão fresco, tomate seco ou pimentão , serão excelentes opções que também nos ajudarão a facilitar a digestão.

Quando há leguminosas

Se vamos cozinhar os legumes juntamente com leguminosas, recomendamos adicionar um pouco de alga marinha e cominho ao ensopado para amaciar melhor as leguminosas e também facilitar a digestão.
Imagens cortesia de David-Robert-Wright, epicure, lasrecetasdecadadia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *