Sistema Linfático: 4 Fatos Interessantes Que Você Vai Gostar De Saber




O sistema linfático é mais uma parte do nosso sistema circulatório , o que muitas vezes negligenciamos porque não o sabemos tanto quanto deveríamos.

É como uma rede, como um sistema muito complexo formado por vasos comunicantes, tecidos e órgãos especializados, como o baço, que desempenham uma função muito específica, além de maravilhosos: eliminar toxinas, resíduos e outros materiais indesejáveis ​​do nosso corpo.

No entanto, realiza muito mais tarefas indispensáveis ​​para o nosso bem-estar que, sem dúvida, você vai gostar de saber.

Hoje, em nosso espaço, queremos que você descubra mais informações sobre nosso sistema linfático: o que é, o que faz e, acima de tudo, o que podemos fazer para melhorá-lo.

1. O sistema linfático e a linfa

A tarefa do sistema linfático de desintoxicar nosso corpo depurando elementos inúteis, como resíduos e células mortas, é acompanhada por outra função igualmente essencial: fortalecer nossa resposta imunológica.

  • Isto é conseguido graças à linfa, um fluido que ativa nossas defesas naturais e fortalece os glóbulos brancos.
  • O sistema linfático também controla a concentração de proteínas em nosso corpo e regula a produção de quilo, um fluido formado pela bile que favorece a produção de certos aminoácidos.

Como vemos, são tarefas fascinantes que nem sempre sabemos.

2. Órgãos que fazem parte do sistema linfático

@

Essa informação é importante: o cérebro está conectado ao sistema linfático através dos seios paranasais . Estamos, portanto, diante de uma rede de vasos sanguíneos que se estende ao longo de praticamente todo o nosso corpo.

Vamos ver agora suas partes mais importantes.

Medula óssea

A medula óssea, como sabemos, produz todas as células que habitam o nosso corpo. Entre todas essas células também estão a linfa e os linfócitos que compõem o sistema linfático.

Descubra como se tornar um doador de medula óssea

O timo

@

Já falámos ocasionalmente sobre o golpe no nosso espaço.

Esta pequena estrutura cumpre um propósito muito importante no sistema linfático: os linfócitos maduros, um tipo de glóbulos brancos essenciais no nosso sistema imunológico.

O baço

Algumas pessoas ainda pensam que o baço não tem uso algum. É um erro, porque esse órgão tem a importante tarefa de filtrar nosso sangue e de eliminar todas as células problemáticas ou inúteis que não são mais úteis para nós.

@

Os gânglios linfáticos

A partir dos gânglios linfáticos, sabemos que estão inflamados e que são suscetíveis a desenvolver processos carcinogênicos, como o linfoma de Hodgkin ou o não-Hodgkin.

No entanto … O que mais podemos dizer sobre eles?

  • São nódulos agrupados em várias áreas do nosso corpo, como as axilas e virilhas. Eles também pretendem combater germes e infecções.

Leia também: Inflamação dos gânglios linfáticos: por que é isso?

3. Doenças associadas ao sistema linfático

As doenças do sistema linfático dão o primeiro sintoma com uma inflamação em algum gânglio. É o mais impressionante, mas, ocasionalmente, outros sinais podem aparecer.

Vamos ver algumas informações sobre isso aqui.

Linfedema

  • Este é um problema comum em mulheres que tiveram um peito removido por causa do câncer de mama.
  • Há um acúmulo de linfa, com o qual os pacientes experimentam um aumento de volume e uma inflamação marcante em seus braços ou pernas.

Adenopatia

@

  • Uma adenopatia é uma inflamação em um linfonodo. Nem sempre se origina de um processo carcinogênico, na maioria das vezes é resultado de um sistema imunológico fraco, de baixas defesas.
  • Além disso, as adenopatias também são comuns em causas virais , como o sarampo ou a mononucleose.
  • Por outro lado, como já apontamos, a inflamação de um gânglio está relacionada, por sua vez, a tumores primários, como o linfoma de Hodgkin ou não-Hodgkin, todos com bom prognóstico se a detecção for precoce.

Edemas

Podemos diferenciar neste caso edema linfodinâmico e edema linfático. Os primeiros são devidos a problemas circulatórios simples e os últimos devido a falha linfática devido a um acúmulo de proteínas.

4. Dicas para cuidar melhor do seu sistema linfático

Já sabemos que o sistema infotáctico cumpre duas tarefas muito básicas: limpar o organismo e favorecer uma barreira defensiva contra qualquer vírus ou bactéria, fortalecendo o nosso sistema imunitário.

Portanto, é vital que aprimoremos nossos hábitos de vida para cuidar dessa rede de órgãos, gânglios linfáticos e vasos que proporcionam tanto bem-estar e atenção.

Aqui estão algumas dicas simples para conseguir isso:

  • Coma alimentos frescos e orgânicos.
  • Reduza suas fontes de estresse
  • Durma entre 7 e 9 horas por dia .
  • Dê banhos quentes e relaxantes que terminam com um banho frio.
  • Realize exercícios moderados.
  • Beba água com limão.
  • As massagens que ativam a circulação linfática são muito positivas.
  • As infusões de urtiga e aloe vera são sensacionais.
  • Pratique ioga.

Para concluir, como vimos, o sistema linfático, sem dúvida, merece toda a nossa atenção .

É suficiente simplesmente cuidar melhor de nós mesmos, com a qual estamos cientes de que atos simples, como comer de maneira equilibrada ou administrar adequadamente nossas emoções, têm um impacto direto na saúde e no bem-estar.

Colocamos em prática?

@
Limpe o fígado e fortaleça as suas defesas com chá de gengibre, chá especial de gengibre que concentra propriedades que ajudam na limpeza do fígado e fortalecem o sistema imunitário. Nós compartilhamos sua receita.

Imagem principal cortesia de © wikiHow.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *